Álbuns de casamento: história e memória

Nos últimos anos, muitas tecnologias vem sendo desenvolvidas para a criação de modelos exclusivos e diferenciados de álbuns para casamento. Tanta diversidade eopções de materiais, fazem com que os álbuns sejam objetos valorizados e complementos essenciais para a finalização dos trabalhos de fotografia,principalmente nesse segmento.Surgiu então o projeto que apresentaremos, onde pela primeira vez nesse mercado , vamos falar e mostrarvisualmente a evolução dos álbuns de casamentos. Partiremos de uma linha dotempo desde os primórdios até o que se apresenta nos dias de hoje, contandocom a criatividade de cada um para desenvolver fisicamente álbuns quepossibilitem a leitura da história através deles.

A exposição será realizada no espaço Território da Foto, de 1 a 4/12

, com o objetivo de apresentar ao público um projeto diferente einédito, onde mostraremos que independente da evolução e das tecnologias, a

sensibilidade de criar o álbum certo pro evento certo está na experiência de cadaum dos profissionais.

Não existem fronteiras entre o antigo e o moderno quando o limite é a criatividade!

 

A História dos Álbuns de Casamento

  O surgimento do Álbum Fotográfico com enfoque exclusivo no registro de casamento ocorreu somente na primeira metade do século XX, numa época em que os Álbuns tornavam-se temáticos, individualizados, e não mais como aqueles produzidos no passado e caracterizados como verdadeiros “museus familiares”. Os primeiros Álbuns da história da fotografia surgiram com uma finalidade documental e, em certa medida, com a função de inventariar o mundo.  Os Álbuns constituidos por retratos só apareceram no início da década de 1860, e foram divididos em duas categorias, sendo a primeira focada em retratos de autoridades e politicos e a outra formada por fotografias que mostravam os ciclos de vida e que prevalesce até os dias atuais. Com um caráter privado, esses Álbuns tinham a função de preservar a unidade eidentidade familiar, além de servirem à exposição e ao lazer da própria família, parentes e amigos. A narrativa nesse tipo de Álbum foi e ainda é marcada por ritos de passagem, como o batismo, a primeira comunhão, formatura, casamento, morte, etc.      Os Álbuns de Casamento podem ser pensados como uma forma de garantia, de autenticidade da união, tal qual uma assinatura. Sua existência atesta a realização do ritual e situa o casal na sociedade e são compostos por fragmentos de um momento que se deseja rememorar sempre.Trechos extraídos do texto “Álbuns de Casamento”, de Marli Marcondes (Dentro de Memória – UNICAMP).

 
 
BOUQUET de FOTOS:
Grupo de fotógrafos plural e com grande expressão no cenário nacional,  juntos a partir de uma mesma filosofia: “O Amor pela Fotografia ”
 Com a sempre presente intenção de fomentar o mercado elevando o nível de conhecimento geral e compartilhando experiências, o Bouquet de Fotos tem o compromisso de regularmente estar envolvido em eventos e exposições visuais einformativas com elementos relacionados à fotografia. Seus integrantes:Anna Quast, Célia Thomé, Fabio Laub, Fernanda ScottLan Rodrigues, Luciana Cattani ,Irit Tommasini e Nellie Solitrenick.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: